Projeto Costurando empoderamento com as mulheres imigrantes e refugiadas, que teve início neste ano. 

Foto: Sérgio Silva / Social Comunicação

O número de imigrantes e refugiados duplicou no Brasil na última década. E com a pandemia, que praticamente já se arrasta pelo segundo ciclo anual, os desafios no atendimento social ao público migrante aumentou ainda mais. No entanto, mesmo neste cenário tão duro, o CAMI – Centro de Apoio e Pastoral do Migrante tem motivos para celebrar mais um ano de lutas e vitórias.

Somente no segundo semestre pudemos retomar a maioria dos atendimentos presenciais, mas nem por isso paramos no tempo: desde o começo do ano, foram milhares de atendimentos virtuais e presenciais nas áreas de regularização migratória, assessoria jurídica e serviço social.

Também as rodas de conversa não deixaram de acontecer, assim como as visitas às oficinas e os cursos de português para migrantes. E mesmo neste período de tanta escassez no Brasil, conseguimos arrecadar e doar milhares de cestas básicas para famílias mais vulneráveis.

Além disso, tivemos novidades como o início do projeto “Costurando empoderamento com as mulheres imigrantes e refugiadas”, que disponibiliza equipamentos de costura e estoque de matéria prima para aproximadamente 100 trabalhadoras de nacionalidades diversas. A iniciativa foi desenhada visando unir a prática de responsabilidade social à necessidade de mão de obra qualificada. Todo o lucro da vendas dos produtos retornará para as costureiras, que são mulheres imigrantes residentes em bairros periféricos de São Paulo.

Ainda outras boas notícias vieram ao longo do ano: a partir do próximo ano, o CAMI continuará fazendo parte do Comitê de Políticas para Migrantes de Guarulhos. Além disso, pela 2º vez, recebemos o Selo de Direitos Humanos e Diversidade, da Prefeitura de SP.

Sabemos que 2022 será cheio de desafios, mas estamos certos de que com a solidariedade e apoio de todos iremos ainda mais longe. Pois, conforme defendemos em nosso lema, todos merecem ser livres e com direitos, em qualquer lugar do mundo.

×

Olá! Precisa de ajuda? Em que podemos ajudar?

× Como posso te ajudar?