A solidariedade e o olhar para o outro são necessários para enfrentarmos a pandemia. No início do mês, o CAMI recebeu uma doação de alimentos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST). Por intermédio da sua cozinha orgânica comunitária, foram doadas à instituição mais de 100 marmitas que beneficiaram famílias de imigrantes e refugiados de diversos países, como Bolívia, Chile, Paraguai, Peru, Haiti e República Democrática do Congo. 

A parceria entre o CAMI e o MST começou em maio de 2020, ainda no início da pandemia do novo coronavírus, tanto por conta do distanciamento social para evitar a contaminação, quanto pela perda de renda que muitas famílias enfrentaram – e têm enfrentado – devido à crise econômica que o país atravessa. Milhares ficaram em situação de extrema vulnerabilidade, portanto, doações como as do MST sãp essenciais para dar suporte para a quem mais precisa.

Apoie o CAMI

Os agentes sociais do CAMI, Omar Sanches e Aryanys, estiveram à frente da ação e possibilitaram a logística da entrega.”Agradecemos o importante apoio do MST que sempre fornece o suporte necessário para as famílias de imigrantes e refugiados. As doações foram necessárias para sanar a fome das pessoas que mais precisam. Obrigado MST!”, diz José Osores, membro da equipe do CAMI.

×

Olá! Precisa de ajuda? Em que podemos ajudar?

× Como posso te ajudar?